quarta-feira, fevereiro 12, 2014

Uma carta pra você mesmo

Pois é, Bruno. Não sou a melhor pessoa para te dar conselhos, mas às Vezes não adianta ser um cara certinho e legal. Não adianta ir na academia e vestir uma roupa nova. Às vezes uma conversa não resolve e uma piada não se faz rir. Às vezes não adianta  rezar e falar o que sente. A verdade é que Nada adianta quando as coisas já não dependem mais  de você. E olha, quando isso acontecer de novo, joga tudo pro alto que o universo cuida pra que suas expectativas voem pro espaço. Gaste suas energias naquilo que te faz bem. Amores  não correspondidos nunca foram motivos de grandes sorrisos. E, pra ser sincero, a vida é muito curta pra nos preocuparmos com coisas que um dia serão tão pequenas. Acredite em mim!

5 comentários:

Mara Ribeiro Aiache disse...

Bruno, sempre faço um pedido e jogo para o universo...deixo solto e ele se encarrega de mandar o melhor. Bj

Seattle big tits disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Seattle big tits disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Léo disse...

Eita, quem disse que sentimentos é uma coisa pequena? Eles sempre estarão aí... o que muda é o alvo... as vezes pessoas, as vezes uma música, as vezes um objeto... as vezes a si mesmo!!!!!

Chris Macêdo disse...

Eita, tem certeza que essa carta não era pra mim? rsrsrs
Adoro seus textos. Beijão