segunda-feira, abril 02, 2012

Cadê você?

Só saiu do chuveiro depois que a água quente já tinha enrugado todos os seus dedos. Aumentou a música do Right Said Fred e, enquanto dançava pro espelho, fazia penteados com os cabelos ainda molhados; o pente era o microfone. Fez a barba com cuidado, não enxugou as costas. Escolheu a melhor cueca e procurou no varal pela camiseta preferida. Vestiu a calça que já tinha o formato do seu corpo. Calçou seu tênis que acompanha seus passos nos dias especiais. Do fundo da sua gaveta, tirou o seu perfume que todo mundo quer saber o nome. Para um sábado à noite, sair de casa é um evento. Ele é daqueles que acredita na sorte de encontrar um grande amor no supermercado, mais especificamente na área dos chocolates. É lá onde as pessoas solteiras confidencializam os seus vícios através de olhares e sorrisos. Dessa vez, procurou por algum chocolate diferente, mas infelizmente ainda não conseguiu abrir mão da segurança do sabor do chocolate branco. Pagou e foi embora. Não havia ninguém de especial no supermercado aquela noite. Talvez ele tivesse que ir com um outro objetivo: o de comprar maçã. Maça é a fruta do amor, não?

Nenhum comentário: