sexta-feira, setembro 30, 2011

Migalhas

E o que eu faço com essa saudade que não cabe em lugar algum?
Mesmo dando apenas migalhas ela continua crescendo...
Talvez seja hora de matá-la de vez.
Tem um tempinho aí pra mim?

Nenhum comentário: