domingo, junho 19, 2011

Eu nunca compararia amor com ódio. Amor pra mim se assemelha à fome.

Preciso de você pra saciar todo esse vazio que sinto aqui dentro.

Se você puder voltar com um meia dúzia de pães de queijo, eu ficaria eternamente grato.

E você ainda ganharia um beijão por isso!

Prometo!

Nenhum comentário: