domingo, junho 26, 2011

É impressionante como a infelicidade das outras pessoas me incomoda. São nesses momentos que eu percebo o quanto sou influenciado pelo ambiente em que vivo.

Eu, infelizmente, não posso mudar as pessoas. Acho que nem quero, preguiça. Acredito que cada pessoa tenha o seu tempo para decidir evoluir como ser humano. Afinal, alguém sem desejos pra mim é alguém sem futuro.

Depois de alguns anos de terapia, eu percebi que não sou eu que preciso mudar as coisas na minha cabeça. São todas as outras pessoas que precisam querer mudar a si mesmas. E mudar não quer dizer tornar-se uma nova pessoa, mas sim, uma pessoa melhor.

Os países subdesenvolvidos são considerados os mais solidários. Isto porque, quando todo mundo está na pior, é natural que as pessoas se ajudem. O problema é quando as pessoas começam a viver só de ajuda.

Como eu não posso mudar as pessoas (e nem quero) estou disposto a mudar do ambiente que vivo. Talvez se eu tivesse pintado o meu quarto de amarelo, teria deixado a minha vida um pouco mais ensolarada.

De qualquer forma e, por enquanto, acho que vou pintar algumas nuvens nas minhas paredes azuis, afinal, o sol está sempre brilhando, mesmo quando a gente não o vê.

Um comentário:

JuNiNhU disse...

Oi Bruno.. Quero MUITO, MUITO MESMO falar com você.

me adiciona se possível tá ?

juninhu-jump@hotmail.com