domingo, janeiro 23, 2011

"Não rasgue esse papelão, pois ele é o seu cartão!
Feliz dia dos namorados!
Eu já cheguei a pensar no quanto eu gostaria de ter te conhecido antes. Em quantos momentos poderíamos ter nos divertido, nos amado, caso nosso encontro tivesse acontecido mais cedo. Nas pessoas que nós não teríamos amado, nos amigos que não teríamos feito. Eu já cheguei a desejar, lá no meu íntimo, que eu só tivesse amado você, que só tivesse sentido você. Mas hoje em dia, sei que estava errado. Sei porque tudo que vivi, todos que amei e conheci, até então, servem de parâmetro pra que eu saiba o quanto você é especial. Afinal. eu não poderia ter uma pessoa favorita se não conhecesse outras. E agradeço à vida por ter tido coragem de acreditar no seu sorriso e ter tido coragem de te dar meu telefone, e por tudo ter acontecido assim, no tempo e do jeito que foi.
Você é o amor da minha vida e o melhor presente que eu posso ganhar de você é te fazer a pessoa mais feliz do mundo!
Te amo demais!"

É por isso que arrumar minhas coisas para poder mudar é uma batalha comigo mesmo.

Fatality!

Um comentário:

Léo disse...

Mas ao mesmo tempo faz vc recordar que está vivendo... antes passar por isso, do que morrer percebendo que não passou por nada!