segunda-feira, setembro 13, 2010

Devia ser sábado, uma meia-noite, depois de comermos tudo o que tínhamos direito.
Sorri pra você e te abracei.
- nunca sei qual o meu lado na sua cama.
- o seu lugar é ao meu lado, dentro ou fora da nossa cama.

Um comentário:

desculpe o auê disse...

Hummm :)



(ela deve ter gostado muito de ter ouvido isso)