terça-feira, abril 28, 2009

Sempre tem alguma coisa. Uma música no rádio, um elogio inesperado.

Todas as noites, quando vou dormir sozinho e espero o sono chegar, penso sobre como foi meu dia. O que será que valeu a pena hoje?

Pra mim, nenhum dia foi inútil. Às vezes eu aprendo com a força da palavra obrigado, a diferença que faz um sorriso. Em outros dias, aprendo que sou as conseqüências dos meus atos inconseqüentes e que tudo que vai, um dia volta.

Já foi a época em que eu ganhar o dia era ganhar algo material. Ganhar aumento, na loteria ou um presente já não significa tanto pra mim. As pessoas que valorizam somente as megavitórias, deixam para traz centenas de outros
dias em que para eles, aparentemente, nada acontece.

Meus dias são salvos por alguns detalhes. Acordar e descobrir que ainda tenho mais 15 minutos para dormir; olhar o céu azul de outono com um sol batendo no rosto pela manhã; ouvir a minha música preferida no rádio enquanto estou parado no trânsito.

E assim passam meus dias, sendo presenteado com a minha música favorita, com o sol no meu rosto ou com um sorriso de uma pessoa querida (ou até mesmo desconhecida)

É claro que tem dias que ninguém me surpreende, que meu trabalho não rende e as horas demoram a passar. Sem contar nos dias que levo uma patada de alguém, que não recebo a resposta esperada e que a chuva ao invés de me lavar me afoga.

Porém, tenho certeza que até a tristeza pode tornar um dia especial. Só que, infelizmente, não fico sabendo disso na hora do desespero, mas sim lá no futuro, onde tudo se justifica.

Hoje eu tive um dia especial!

2 comentários:

B. disse...

Oi bruno! Obrigada pela visita no meu blog...Adorei o seu tb! bjs

http://asosninguemestasozinho.blogspot.com

Anônimo disse...

Essas irrelevâncias como musica e sorrisos não afetam meu dia. Como todo materialista e consumista só considero meu dia ganho se fiz hora extra e sei que vai cair uma grana a mais no pagamento. O melhor dia dos ultimos 5 anos foi quando comprei um carro usado e após uns 6 meses de uso consegui vende-lo com ágio, tive um lucro de R$4.000