segunda-feira, abril 02, 2007

Surtei. Pedi demissão do meu trabalho.

Finalmente saí do banco e tirei um peso fenomenal das minhas costas. Criei coragem e falei tudo o que eu pensava pra todo mundo que apareceu na minha frente. Disse todas as coisas mais cabulosas que se passaram na minha cabeça durante todos esses 3 anos. Falei sobre a minha moral, a minha índole, sobre pensar ser mais honesto trabalhar como garoto de programa ao invés de vender capitalização pra velhinho que mal lembra o nome.

Nem trabalhei o dia todo, simplesmente quebrei meu crachá ao meio e fui embora. As pessoas ficaram sem reação.

Saí feliz da vida. Passei numa concessionária e peguei meu carro que eu tinha comprado (sim, finalmente fui contemplado no consórcio) e fui pegar meu amor que me esperava pra jantar. Sim, FINALMENTE ESTOU NAMORANDO!

...
esse 1o de abril às vezes me trancende.
feliz dia da mentira!

5 comentários:

Anônimo disse...

Putz Bruno...
Pensei aqui, pô que revolução e evolução esse garoto!
Essa mentira foi boa!

Thomaz disse...

ha ha ha..

A-D-O-R-E-I !!!

Quase acreditei em tudo por um minuto...

Mariana disse...

Garoto!!!

Eu ia dizer que vc não deve ter noção (o pior é que tem) do quanto escreve bem! Tô doida pra ver um livro teu nas livrarias, ia encher a boca pra falar que "conheci" o garoto problema pequenininho nos blogs!

Nada mais foda pra um maldito feriado em casa do que ficar lendo teus posts! hahaha

Beijos!

Nana

Mariana disse...

Garoto!!!

Eu ia dizer que vc não deve ter noção (o pior é que tem) do quanto escreve bem! Tô doida pra ver um livro teu nas livrarias, ia encher a boca pra falar que "conheci" o garoto problema pequenininho nos blogs!

Nada mais foda pra um maldito feriado em casa do que ficar lendo teus posts! hahaha

Beijos!

Nana

Anônimo disse...

TE AMO MUITO, mais do que você imagina